Saiba quais são as melhores universidades de engenharia do mundo

A engenharia é um campo que abraça diversos setores, estando diretamente ligada às grandes inovações. Por trás de estudos que levam a transformadoras descobertas e feitos, há sempre um profissional do ramo. Assim como uma boa formação desse mesmo profissional. Por isso, nada mais justo do que falar sobre as melhores universidades de engenharia do mundo.

Engenharia civil, elétrica, química, aeroespacial… Todas têm um ponto em comum: a estreita relação que mantêm com a tecnologia e ciências. Ao longo deste texto, você poderá notar a importância que instituições de referência dedicam a tais áreas, promovendo um ensino completo.

Quer saber quais universidades aparecem na lista de destaque e entender por que merecem o título de excelência? É só continuar a leitura!

As melhores universidades de engenharia do mundo

Os ranking educacionais são conhecidos por avaliarem as universidades de acordo com critérios muito bem definidos. Eles vão de reputação acadêmica a empregabilidade, passando ainda por número de citações e publicações. Quando se trata de engenharia, tópicos como inovações e investimento em pesquisa também ganham peso a mais. É dessa forma que um estudo pode ser feito para elencar as melhores em âmbito global.

As instituições a seguir são “figurinhas carimbadas” no topo de dois dos principais avaliadores mundiais: o da Times Higher Education (THE) e o QS World University Ranking.

Veja quais são elas:

Universidade de Harvard

Harvard dispensa apresentações no fator qualidade.

No campo de engenharia, sua impecável atuação se concentra na John A. Paulson Engineering and Applied Sciences, a escola de engenharia e ciências aplicadas da insituição. Ela é relativamente recente, sua estrutura e modelo atuais datam de 2007. O fato faz com que carregue uma mistura importante de tradição com modernidade e esteja em constante expansão.

Entre seus programas há cursos de graduação e pós-graduação. Alguns deles: Bioengenharia; Ciência dos Materiais e Engenharia Mecânica; Engenharia de Design; e Engenharia Elétrica.

Universidade Stanford

A universidade que formou Elon Musk e o ex-presidente norte-americano Herbert Hoover é uma gigante.

Assim como acontece em todas as suas áreas de ensino, a instituição busca desenvolver um elo entre as engenharias e o empreendedorismo. Incrustada no Vale do Silício, tem como objetivo, além de entregar ensino, criar verdadeiros líderes. E faz isso com maestria. Vários engenheiros que já passaram por seus corredores hoje são vencedores de prêmios importantes, como Nobel e Turing, e criadores de empresas milionárias.

Stanford também é fundadora de um programa que viabiliza conteúdo: é o Stanford Engineering Everywhere. Por ele, permite que estudantes de qualquer lugar acessem materiais básicos de disciplinas de engenharia. Tudo de forma gratuita.

Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

O MIT não é apenas uma referência em engenharia, mas no campo educacional em geral. Para você ter uma ideia, o instituto é frequentemente o primeiro colocado no ranking do QS World de melhores universidades. E sua invencibilidade já dura 10 anos.

Além do conteúdo técnico riquíssimo, um dos diferenciais da escola é sua discussão e foco voltados a questões de forte interesse atual (e que trazem ganhos relevantes para o futuro). Sendo assim, temas como mudanças climáticas e inteligência artificial costumam ser de muito interesse do corpo docente e discente. O resultado disso é a valorização de pesquisas e estudos de amplo alcance.

Universidade de Cambridge

A primeira instituição britânica da lista carrega consigo uma tradição impressionante.

A Universidade de Cambridge é a segunda universidade de língua inglesa mais antiga do mundo. A estreita relação com a história, no entanto, não impede que também tenha uma estrutura moderna. Seu departamento de engenharia é um dos maiores de toda a Europa e proporciona ao estudante a possibilidade de lidar com recursos de ponta.

Entre os programas do local, um que se destaca é o Woman in Engineering: dedicado a aumentar a quantidade de mulheres engenheiras no mercado de trabalho. Isso é feito através de uma ligação entre profissionais e novas oportunidades que vão surgindo.

Universidade de Oxford

Se a Universidade de Cambridge é a segunda mais antiga de língua inglesa, qual é a primeira? A Universidade de Oxford, claro.

Assim como a anterior, Oxford consegue unir tradição e contemporaneidade em seu currículo. Na engenharia, trabalha com abordagem científica, fundamentos e pesquisas. O ensino é feito de forma unificada e também lança um olhar para a interdisciplinaridade. Ou seja, os graduados e pós-graduados da instituição conseguem caminhar por várias vertentes da área.

No ambiente acadêmico e profissional, estimula a equidade e diversidade. O Departamento de Ciências da Engenharia já venceu um prêmio que reconhece o papel de estimular o avanço da carreira de mulheres. Para completar, é membro de uma organização que ajuda a promover o talento feminino nos setores de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Universidade Tecnológica de Nanyang

A Universidade Tecnológica de Nanyang fica localizada em Singapura e é a maior universidade de pesquisa do país. Sua faculdade de engenharia é uma das principais do mundo quando o assunto é citação científica, além de sempre ressaltar a tecnologia e inovação.

A internacionalização também é presença recorrente pelos corredores. Essa realidade pode ser sentida, inclusive, no seu quadro de professores. Mais da metade dos docentes são de outros países. Quando se trata de alunos estrangeiros, a maior parte está concentrada nos programas de pós-graduação.

Além dessas, há outras instituições que merecem aparecer entre as melhores universidades de engenharia do mundo. É o caso, por exemplo, do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique.

Ter a possibilidade de estudar em alguma delas é ter a certeza de adquirir um conhecimento divisor de águas. Se você tem interesse, não deixe de ler sobre os processos de admissão e bolsa de estudos. E conte sempre com a gente para ajudá-lo com informações sobre preparação. Boa sorte!

Gostou do artigo? Então que tal conhecer as redes sociais do Global Hub e continuar conectado conosco?

Instagram: @uninterglobalhub

Facebook: @uninterglobalhub

Linkedin: UNINTER Global Hub

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no WhatsApp