Faculdade no exterior é a melhor opção para você?

Vale a pena fazer um semestre de faculdade no exterior? 

O Brasil possui excelentes universidades, com professores qualificados e uma ótima infraestrutura, contudo, as faculdades no exterior fornecem, além disso, outras vantagens para os estudantes estrangeiros.  

Quer saber quais são? Continue a leitura. 

Como funcionam os programas de faculdade no exterior? 

A principal forma de cursar faculdade no exterior é através da Mobilidade Acadêmica Internacional que é o nome dado aos programas de parceria entre as próprias faculdades, que enviam e recebem estudantes fazendo uma troca de experiências. 

Estes programas duram de um a dois semestres e a forma de ingresso varia bastante, no entanto, 2 fatores são quase unânimes: 

  • Histórico escolar  
  • Exame de proficiência 

A maioria das faculdades exige um índice de rendimento acadêmico mínimo para que o aluno realize o intercâmbio e quanto maiores as notas, maiores são as chances de ser aceito. 

Como você precisa saber pelo menos o básico da língua do país que vai estudar, a maioria das faculdades pede um exame internacional de proficiência como TOEFL e IELTS. 

Por isso se você quer estudar em outro país, se esforçar desde o início do curso é essencial. 

Mas será que compensa fazer faculdade no exterior? 

Para te ajudar nesta decisão seguem as principais vantagens e desvantagens de passar um semestre estudando no exterior. 

Vantagens de fazer faculdade no exterior 

Seguem três benefícios que estudar em outro país trarão para você. 

Crescimento profissional 

Ao estudar em uma faculdade estrangeira você aprende a linguagem específica da sua área de atuação, algo que dificilmente um curso de línguas irá fornecer. 

Também você pode descobrir novos mercados para o seu setor e tendências que ainda não chegaram no Brasil, o que irá aumentar o seu conhecimento profissional.  

Aumentar a rede de contatos 

Na faculdade você vai conhecer professores, colegas e profissionais da sua área que vivem no estrangeiro, isso é uma ótima vantagem caso deseje trabalhar em uma multinacional, por exemplo. 

Também se você gostar do país e querer ir morar de forma permanente já ter uma rede de contados facilita bastante quando for participar de um processo seletivo no exterior. 

Praticar atividades extracurriculares 

Além das aulas, a maioria das faculdades no exterior tem atividades como grupos de estudos, programas voluntários, atividades esportivas, entre outros. 

Isso vai permitir que você vivencie ainda mais o campus, melhore a sua fluência na língua e volte com uma bagagem cultural muito maior. 

Desvantagens de fazer faculdade no exterior 

Seguem duas desvantagens de passar um semestre em outro país. 

Custos  

Mesmo que você consiga uma bolsa de estudos integral, despesas como documentação e passagens áreas normalmente não são inclusos. 

Também mesmo que você tenha direito a alojamento e alimentação é importante lembrar que existem outros gastos como roupas, calçados, livros e atividades de lazer. 

Adaptação 

Embora seja uma experiência muito gratificante fazer faculdade no exterior, o processo de adaptação costuma ser bem difícil. 

Ainda mais no começo quando é comum não entender quase nada nas aulas, ter dificuldades em conversar com os colegas e se habituar ao novo ambiente. 

Esses fatores podem fazer com que você não aproveite tão bem a experiência. 

Agora que você já conhece os benefícios, vale a pena fazer um semestre da faculdade no exterior? Se sim, confira os próximos passos aqui.

Gostou desse artigo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no WhatsApp